Novidades na construção civil: as principais notícias do setor – 26/06/18

Novidades na construção civil: as principais notícias do setor – 26/06/18


Índices da construção civil, crise no setor americano, alterações na venda de cimento e mais: confira as principais notícias da semana e fique por dentro das novidades na construção civil.

Crise fez o número de empregados na construção civil retroceder seis anos

De acordo com a Pesquisa Anual da Indústria da Construção (PAIC), realizada pelo IBGE, a recessão fez o número de trabalhadores empregados na construção civil retroceder ao mesmo valor de 2009. Em 2016, foram cerca de 2 milhões de empregados no setor, e em 2013 o número chegou a 2,9 milhões.

Além disso, a pesquisa também mostrou que as obras de infraestrutura perderam espaço para a construção de edifícios e os serviços especializados. Em 2016, a atividade de construção totalizou R$318,7 bilhões em incorporações, obras e serviços da construção. O valor das obras e serviços da construção atingiu R$299,1 bilhões – sendo 31,5% provenientes de obras contratadas por entidades públicas.

Com crise na construção civil, “fábricas” de casa surgem na Califórnia

Quase 10 anos depois da recessão econômica, o setor da construção americana ainda não se recuperou completamente. Atualmente, o ritmo de construção novas casas e  apartamentos equivale a pouco mais de 50% dos índices registrados em 2006 – o setor também conta com 23% a menos no número de operários.

Para tentar solucionar a crise – que atinge principalmente a construção de moradias acessíveis – surgem algumas iniciativas como a Factory OS, que produz casas de maneira pré-fabricada a custos reduzidos, em um cenário onde os preços de novas construções subiram cerca de 5% nos últimos três anos.

 

Setor da Construção Civil mostra preocupação com tabelamento do frete

Medida Provisória 832/2018, que estabelece o valor do frete mínimo para transporte de cargas, tem causado polêmica no setor da construção civil. De acordo com a Confederação Nacional da Indústria, com o tabelamento, os fretes tiveram aumentos médios de 25% a 65%. Com isso, a tendência é que haja aumento geral no preço de materiais de construção, em especial nos insumos.

Na última semana, a Confederação entrou com uma Ação Direta de Inconstitucionalidade (ADI) no Supremo Tribunal Federal (STF) para tentar impedir o tabelamento do frete para o transporte rodoviário de cargas.

Projeto de sustentabilidade do MCMV recebe prêmio no Reino Unido

O projeto “Avançando na Sustentabilidade de Empreendimentos Habitacionais Sociais no Brasil”, do Programa Minha Casa Minha Vida, foi eleito o Melhor Projeto Colaborativo Internacional no The British Expertise International Awards 2018.

Desde a segunda fase do programa, nas modalidades Empresas e Entidades destinadas às famílias com renda mensal de até R$1,8 mil, passou a ser obrigatória a instalação de Sistemas de Aquecimento Solar em todas as unidades térreas nas regiões Sul, Sudeste e Centro-Oeste. Também é possível substituir o aquecimento solar por um sistema de geração de energia fotovoltaica. Além disso, também passou a ser obrigatória a presença de equipamentos de medição individual de água e gás, além da instalação de descargas econômicas de duplo acionamento e torneiras com arejadores.

Fabricantes fazem acordo para reduzir peso do saco de cimento

Depois de quatro anos de negociações, o Ministério Público do Trabalho e 33 empresas produtoras de cimento assinaram, um acordo para reduzir de 50 kg para 25 kg o peso dos sacos do produto comercializado. O objetivo é aproximar a indústria brasileira das normas internacionais relativas à da saúde do trabalhador.

Os fabricantes de cimento têm até dezembro de 2028 para se adequar totalmente à nova regra. Após essa data, somente os sacos destinados à exportação poderão ser mais pesados.

Deputados Federais lançam bancada da construção civil no Congresso

Foi lançada no dia 15 de junho a Frente Parlamentar de Apoio à Indústria da Construção Civil e do Mercado Imobiliário. O grupo irá reunir cerca de 220 deputados, com o objetivo de ampliar no Congresso Nacional o debate sobre políticas voltadas para o fomento do setor.

A pauta da Frente se desenvolverá em torno de melhorias da legislação federal da indústria da construção e da criação seminários nacionais sobre o tema.